Fechado para balanço


Imagem: http://www.laerte.com.br/

Janeiro, 2015: Programa - LANÇAMENTO DE LIVROS


1 de Fevereiro, 2015: Aula - YOGA AO AR LIVRE

"Queres experimentar uma aula de yoga? Vem participar connosco! Nesta aula iremos dar as boas vinda à professora convidada Lina Afonso. Mal podemos esperar até Domingo!!! 
*********************Wanna try yoga? Come join us! In this class we will welcome Lina Afonso Yogi as a guest teacher. We can't wait for Sunday!!!!

Se vens praticar connosco pela primeira vez seguem-se dicas para práticas de yoga ao ar livre com a Yogafool!
  1. Junta-te às aulas da Yogafool com boa disposição e uma mente aberta e prepara-te para a DIVERSÃO!
  2. Tem atenção às condições climatéricas. Ao practicar debaixo de um sol intenso e brilhante, usa PROTECTOR SOLAR! Aplica o protector na cara, braços e outras zonas do corpo expostas. Não apliques quaisquer cremes nas palmas das mãos e dos pés, dado que poderás escorregar no tapete.
  3. Traz o teu TAPETE YOGA! A Yogafool terá alguns tapetes disponíveis, mas não os suficientes para todos. Se não tiveres um tapete de yoga, traz uma toalha de praia. Se quiseres usar os tapetes da Yogafool, chega cedo: quem chegar primeiro, terá direito a um tapete. Além disso, podes comprar tapetes de yoga por preços acessíveis em Yoga-Spirit.
  4. Usa ROUPA confortável, algo que te permita mexer e respirar em liberdade. Também recomendamos que tragas uma toalha ou um lenço para te tapar durante savasana (relaxamento final). Isto ajudará a manter uma temperatura confortável do corpo e proteger da exposição directa ao sol e ao vento.
  5. Se chover, a Yogafool irá adaptar a prática de modo a evitar escorregar e recomendamos uma capa plástica leve para proteger da chuva.
Junta-te a nós no tapete!

Já estamos a preparar a que vai ser a nossa ultima aula do ano. Uma aula especial para agradecer todo o que nos aconteceu em 2014 e criar novos objectivos e intenções para 2015. Não percas esta oportunidade, vem praticar connosco! ❅☃❄︎✿"

das 10 às 11h

Lisboa

Transportes
Metro: Oriente
Comboio: Gare do Oriente
Autocarros: 705, 708, 728, 750, 759, 782, 794 

11 de Janeiro, 2015: Concentração - CHARLIE HEBDO

"Associando-se à marcha em Paris, irá decorrer uma concentração este Domingo, dia 11, na Praça Luís de Camoes pelas 14h30."

Transportes
Metro: Baixa-Chiado
Autocarros: 709, 711, 714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782
Eléctricos: 12, 15, 25, 28
Barco: Terreiro do Paço, Cais do Sodré
Comboio: Cais do Sodré, Rossio, Santa Apolónia

8 de Janeiro, 2015: Reunião - CHARLIE HEBDO



"CHARLIE HEBDO


Amigos, colegas, conhecidos desconhecidos, reunião para a liberdade da imprensa as 18h30 amanhã, Quinta-feira, frente à estatua dos Restauradores.

Solidariedade pelo atentado contra o jornal Charlie Hebdo."

Filipe Homem Fonseca

Alex Gozblau
Transportes:

Metro: Restauradores
Comboio: Rossio
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros: 91, 709, 711, 736, 746, 783
Eléctricos: 12, 15
Elevadores: Glória, Santa Justa

8 de Janeiro e 27 de Fevereiro, 2015: Exposição - MISSIVA, de JOÃO NOUVEL

Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações
Rua do Instituto Industrial 16, Lisboa

"No âmbito da sua programação no campo da arte contemporânea, a Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações inicia o novo ano com a exposição "Missiva", de João Noutel. No conjunto de trabalhos apresentados, João Noutel evoca a liberdade individual formal no ato de comunicar e a conquista contemporânea de se encarar a comunicação como algo natural, incorporado nas necessidades normais de dignidade e bem-estar, de prazer e lazer individual e coletivo."

"“Missiva”: carta, bilhete, postal, mensagem que se envia a alguém.
Neste conjunto de trabalhos propõem-se pistas genéricas de perceção de possíveis representações do ato de envio de ideias e conhecimento.
A democratização dos hábitos de comunicação e a adequação dos meios para tal e o acesso massificado ao telemóvel, internet e televisão - e toda a dinâmica, interação e por vezes cumplicidade, por eles provocada parecem suscitar novas perspetivas e pressupostos sobre o desenvolvimento individual e coletivo do indivíduo.
A generalização da forma como cada um decide o diálogo com os outros e se apresenta em sociedade, pelas opções que toma, nomeadamente na seleção do que se pretende transmitir ou tornar válido para terceiros, constitui como que uma narrativa instrumentalizada (pelos objetos) para João Noutel evocar a liberdade individual formal no ato de comunicar.
Procuram aqui levantar-se questões sobre a conquista contemporânea de encarar a ideia de comunicar como algo natural, incorporado nas necessidades normais de dignidade e bem-estar, de prazer e lazer individual e coletivo, não sendo um benefício acessível apenas a elites, mas sim uma realidade de massas (genericamente) enraizada, sobretudo no mundo Ocidental.

30 e 31 de Janeiro, 2015: Centro Champalimaud - ROOTS OF CURIOSITY: SYMBIOSIS OF ART AND SCIENCE

Champalimaud Centre for the Unknown
Av. Brasília, Lisboa

"Friday, 30 January, 2015 - 21:00
Featuring
The Roots of Curiosity: symbiosis of art and science
(30th and 31st January)

Action. Thought. Understanding. Feeling. Exploration. Repetition.
Neuroscientists represent the world using cause-effect relationships, principles, mechanisms. Artists create representations of the world using colors, sounds, movements. Can these representations mutually challenge, feed and complete themselves in a single humanistic experience?

8 de Janeiro e 27 de Fevereiro, 2015: Exposição - ENERGIA SOCIAL

Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações
Rua do Instituto Industrial 16, Lisboa

"No âmbito da sua programação no campo da arte contemporânea, a Fundação Portuguesa das Comunicações | Museu das Comunicações inicia o novo ano com a exposição de Fotografia Energia Social, uma iniciativa da Fundação Repsol que conta também com o apoio da Casa da América Latina.
A exposição, reflete o trabalho de oito fotógrafos, de oito nacionalidades diferentes que captam as sinergias entre a paisagem ibero americana e aqueles que a habitam. Portugal é representado pelo premiado fotógrafo, António Homem Cardoso."

"A exposição é composta por uma seleção de 50 fotografias, a cores e a preto e branco que combinam o valor documental e artístico da fotografia. As imagens captadas refletem diferentes aspetos dos países em que a Repsol e a sua Fundação estão presentes e desenvolvem a sua atividade social e cultural.
Oito fotógrafos contemporâneos de renome em seus países mostram neste percurso fotográfico a diversidade das paisagens e os seus habitantes. António Homem Cardoso (Portugal) centra-se na cidade costeira de Sines, localizado entre o mar e a planície; Araquém Alcântara (Brasil) desloca-se para a Mata Atlântica da Amazónia; Walter H.
Wust (Peru) elabora um belo retrato do país Inca através de um percurso pela sua cultura e pelo seu povo; Andrés Unterladstaetter (Bolívia) realiza uma viagem pelas tradições ancestrais do seu país; Ricardo Peña Bacalao (Venezuela) narra o desenvolvimento das populações rurais no norte da América do Sul; Simon Brauer (Equador) dirige o seu olhar para as comunidades indígenas dos Andes. Ángel de la Rubia (Espanha) dirige a lente da sua câmara para o património artístico de Espanha; Alejandro Cartagena (México) mostra um retrato sociológico de Reynosa, município no nordeste do México, que traça a fronteira com os EUA.

Janeiro a Dezembro, 2015: Fundação Gulbenkian - CONCERTOS

Concertos de Domingo

A Troca das Princesas

Domingo, 4 jan 2015  |  12:00

Átrio da Biblioteca de Arte

A TROCA DAS PRINCESAS

Música para a exposição A História Partilhada


Música e histórias em torno da época da troca das princesas Mariana Vitória de Bourbon e Maria Bárbara de Bragança.

Orlanda Velez Isidro voz
Nuno Moura declamação
Joana Bagulho cravo


Mais informações aqui pdf






31 de Dezembro, 2014: Festa de Fim-de-ano - NEVERMIND 2014

Bartô
Costa do Castelo 1/7, Lisboa


A partir das 22h
Entrada Livre

Transportes
Metro: Rossio, Martim Moniz, Baixa-Chiado
Autocarros: 708, 709, 711, 714, 732, 736, 737, 740, 746, 759, 760
Eléctricos: 12, 15, 28

ATENÇÂO: "Por ocasião das festividades previstas para a noite de fim de ano, informamos que o METRO prevê o encerramento da estação Terreiro do Paço (linha Azul) a partir das 23h45 do dia 31 de dezembro, reabrindo a estação às 6h30 do dia 01 de janeiro".

10 de Janeiro, 2015: Festa - PRÉMIOS ARCO-ÍRIS 2014

Teatro do Bairro
Rua Luz Soriano 63, Lisboa

Depois dos Prémios, a festa. 
Bandida Vs Guerra, o duelo.

Transportes:
Metro: Baixa-Chiado, Restauradores, Rossio, Cais-do-Sodré
Comboio: Rossio, Cais-do-Sodré, Santa Apolónia
Barcos: Terreiro do Paço, Cais-do-Sodré
Autocarros: 709, 711, 714, 732, 735, 736, 758, 759, 760, 781, 782
Eléctrico: 12, 15, 18, 28

17 a 30 de Janeiro, 2015: Cultura como Resistência - COM UM V NA VOLTA

"COM UM V NA VOLTA

Cultura como resistência
... lembrando o Maçariku

17, 18, 23 e 24 de Janeiro na Casa da Achada - Centro Mário Dionísio
19, 20, 21, 22 e 26 de Janeiro na Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema
30 de Janeiro na Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul
(ver programa mais abaixo)

Maçariku, aliás Vítor Ribeiro, fez de tudo no cinema, no teatro, em associações culturais e organizações políticas. Lutou pela liberdade dentro e fora da cabeça, contra o racismo, o militarismo, a exploração. Trocava artes, coisas e ideias, fazia com e para os outros e coleccionava amigos no meio disso. Organizou centenas de encontros e concertos, participou em grandes e pequenos combates, fez de tudo com rebeldia, resistiu até não mais poder. Maçariku cultivou as amizades como quem semeia desobediência, entusiasmo, internacionalismo. Morreu em Agosto passado, e deixou tanta coisa, tanta gente.

A Casa da Achada e amigos propõem e convidam a participar numa série de sessões a partir dele, com uma diversidade de actividades que nunca será capaz de dar conta de uma vida tão rica e intensa, mas tenta pelo menos pegar nas suas coisas, nas suas ideias, nos seus modos de ser e passar as coisas aos outros.

Amigos e conhecidos intervêm, mostram-se máquinas velhas e outras a funcionar, há músicas, conversas, poemas e ferramentas, mostram-se filmes feitos por ele e filmes com ele lá dentro (na Casa da Achada), e ainda uma série de filmes da sua colecção (na Cinemateca Portuguesa). Para terminar, um concerto resistente a pensar no que vibra ainda da sua presença atenta e livre para os combates futuros. Bebe mais um copo, Maçariku.


Programa

10 a 15 de Janeiro, 2015: Oficina - REACTING TO TIME, PORTUGUESES NA PERFORMANCE

Casa-Atelier Vieira da Silva
Alto de São Francisco 3, Lisboa

"Entre 1972 e 1985 a performance inscreveu‐se na história da arte portuguesa através de um conjunto de eventos que colocaram Portugal em sintonia com a vanguarda artística internacional. REACTING TO TIME, portugueses na performance toma por referência este período. Vania Rovisco reúne agora um conjunto de estratégias para transmitir essa informação.


CRIAÇÃO E DIRECÇÃO ARTÍSTICA Vania Rovisco
CONSULTORES ARTÍSTICOS André Lepecki, Verónica Metello
PROJECTO de AADK Portugal

Os workshops são limitados a 10/15 participantes com idades compreendidas entre os 16 e os 45 anos. A participação implica disponibilidade para a apresentação final e é gratuita. 

10 de Janeiro a 7 de Fevereiro, 2015: Ciclo de Conversas - 7 CONVERSAS SOBRE A HUMANIDADE

""Se Deus viesse à Terra", 10 de janeiro de 2015, 16h00
Conversa com Padre Borga, Esther Mucznik (vice-presidente da Comunidade Israelita de Lisboa), Ricardo Mendes Ribeiro e Nilton.
Moderação de Joaquim Franco

"Pequenos pensadores, grandes questões", 17 de janeiro de 2015, 16h00
Quatro jovens à conversa com a moderação de Marta Gonzaga.

"O Mundo em Sabores", 24 de janeiro de 2015, 16h00
Conversa com Ljubomir Stanisic (Restaurante 100 Maneiras), Manuel Luís Goucha, Kiko & Maria (cozinheiro e jornalista percorreram 23 países durante um ano) e Chakall.
Moderação de Cláudia Semedo.

"Os Portugueses", 7 de fevereiro de 2015, 16h00
António Barreto, Pilar del Rio, Eduardo Lourenço, Fernando Pinto (Presidente da TAP), José Gil, Catarina Portas, Fernando Dacosta, Tiago Pereira (entrevistado para o documentário Portugueses).
Moderação de Catarina Furtado

A entrada é livre com marcação prévia para tertulia.7billion@gmail.com"


27 de Dezembro, 2014: Cinema - E.T. O EXTRATERRESTRE

"No proximo sábado, dia 27 de dezembro, às 15h00, vamos ter uma uma fantástica sessão de cinema no Fórum Lisboa com o filme E.T. - O Extraterrestre, de Steven Spielberg. Com entrada livre. É, seguramente, o acontecimento deste Natal."

Transportes 
Comboio: Roma
Metro: Areeiro, Alameda
Autocarros: 708, 722, 727, 735, 756